Busca
 
 

Fale conosco! fale conosco!

Calendário



« DESTAQUES »

Carta ao PARNASO

CURSOS

As Descidas Vertiginosas do Dedo de Deus (2a Edição)

Diretoria e Corpo de Guias

Equipamento individual básico

Recomendações aos Novos Sócios

Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade

2ª Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade

Conquistas e Regrampeações Realizadas pelos Signatários da 2ª Carta Aberta

3ª Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade



Terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Você está em: BoletinsBoletim n°12 - Dez. 2007
Boletim n°12 - Dez. 2007
Novas Conquistas‹‹ anterior 
|
 próxima ››Escola Técnica de Guias Excursionistas

Corpo de Guias da Unicerj

Em 17 de abril de 1998, quando o nosso Clube de Montanhismo foi fundado, a Unicerj era constituída de apenas dez Guias para conduzir todas as atividades excursionistas demandadas pelos sócios e convidados daquela época primordial.

Corpo de Guias da Unicerj em 17/04/1998:
1) Christian Cahen
2) Filipe Alvarenga
3) Gustavo Mello
4) José Zaib
5) Lucia Ladeira
6) Luis Sayão
7) Osvaldo Pereira (Santa Cruz)
8) Ricardo Borges
9) Ricardo Prado
10) Tarcisio Rezende

Imediatamente iniciamos nossa primeira Escola Técnica de Guias Excursionistas, a ETGE/1998, visando ampliar o Corpo de Guias, dentro da filosofia MASENC – Montanhismo Amador, Solidário, Ecológico e Não Competitivo.

Além da Escola de Guias, iniciamos também um Curso Básico de Montanhismo (CBM), com o objetivo de acolher entusiasticamente os novatos que se associaram à Unicerj, ávidos de aprendizado autêntico para poderem praticar montanhismo com segurança e consciência dos riscos envolvidos.

Vale dizer que em 1998, tanto para cursar a ETGE, quanto para fazer o CBM, não foram cobradas quaisquer taxas. E continua assim até hoje. Na Unicerj, o Curso Básico e a Escola de Guias são direitos dos sócios. Direitos esses estabelecidos no Estatuto do Clube.

Evidentemente, para cursar a Escola de Guias, o candidato deve possuir uma experiência montanhística mínima que o credencie como aluno de uma Escola de Guias. Além disso, deve se comprometer com os valores do Clube, pois a Escola de Guias existe com o objetivo de formar lideranças para o Clube e desse modo assegurar o futuro da forma de montanhismo que acreditamos que deva ser preservado: um espaço de liberdade e respeito mútuo em uma atividade saudável em comunhão com a natureza.

Desse modo, dez alunos iniciaram a ETGE/1998. O curso, como sempre deve ser, foi muito exigente e apenas três montanhistas conseguiram se formar Guias Caminhantes e Escaladores: Leonardo Perrone (Leo), Marcos Eboli e Leandro Chen.

Leo é o atual Diretor Técnico do Clube e, tal qual Marcos, é Sócio Fundador da Unicerj. Leandro, o mais jovem dos três, é filho do Guia Willy Chen, que embora não tenha participado da fundação da Unicerj, se associou ao Clube logo em seguida.

Desse modo, em apenas um ano, o Corpo de Guias da Unicerj teve um aumento de 40%, passando de 10 para 14 Guias.

Teve início então a ETGE/1999, que também recebeu 10 alunos e desse total formou seis Guias, sendo dois Guias Caminhantes: José Koiller e Leonardo Kenji; e quatro Guias Caminhantes e Escaladores: Cassio Almeida, Hugo Rafael, Juliano Lindner e Sonia Reinstein.

O número de Guias do Clube deveria então subir para 20: os 14 que constituíam o Corpo de Guias somados aos seis formados pela ETGE/1999.

Acontece que, em meados de 1999, o Guia e Sócio Fundador Gustavo Mello decidiu afastar-se do Clube. E, logo após se formar, Juliano Lindner também solicitou desligamento da Unicerj. São conflitos que acontecem onde existem seres humanos. Pedras não se desentendem. Mas nós somos seres humanos e não pedras. É evidente que seria melhor que nós conseguíssemos sempre nos entender. Mas isso nem sempre ocorre. O importante é reconhecermos, com humildade, que poderia ser diferente. Não conseguimos mudar o passado, mas aprendemos com ele, buscando sabedoria, o que é muito difícil, mas não impossível.

Desse modo, no Boletim Informativo nº 6, publicado em novembro de 2000 (disponível na página da Unicerj na internet, juntamente com os demais Boletins), vemos que na ocasião a Unicerj contava com 18 Guias, mesmo com a saída de dois valorosos companheiros.

Nessa época, estava em andamento a 3ª Escola de Guias do Clube. A partir de então, decidimos ampliar o curso de um ano para um ano e meio. Com um curso de 18 meses, haveria mais tempo para que os alunos assimilassem os conhecimentos teóricos e práticos, para a apropriação das habilidades técnicas e, principalmente, incorporação da maturidade e dos valores necessários para ser Guia da Unicerj.

Assim sendo, começamos a ETGE/2001 com 12 alunos e desse total só conseguimos formar dois Guias Caminhantes e Escaladores: Eduardo Buarque e Leonardo Godinho.

Mesmo que 10 dos 12 alunos não tenham conseguido completar o curso, constatamos que a ampliação do curso de um ano para um ano e meio veio para ficar e desse modo prosseguimos no caminho que acreditamos ser o melhor para o nosso Clube.

As vicissitudes da vida muitas vezes afastam as pessoas do montanhismo. Trabalho, estudo, filhos, problemas de saúde na família, viagens inadiáveis, cursos de aperfeiçoamento, promoções, mudanças de emprego e tantas coisas mais parecem muitas vezes conspirar contra o entusiasmo que existe lá no fundo do coração de cada montanhista amador.

Mas a gente não desiste e luta para preservar a chama. Apesar de todas as dificuldades, que não são poucas, nós avançamos rumo a um futuro pleno de brilho e dignidade, oferecendo excursões abertas a todos que queiram compartilhar emoções conosco, fazendo caminhadas, escaladas e novas conquistas, pois a Unicerj foi fundada para fazer história no montanhismo do Brasil.

Partimos então para a 4ª Escola de Guias da Unicerj, a ETGE/2003. O curso começou em outubro de 2002 com 15 alunos. O elevado número exigiu que duplicássemos quase todas as excursões, exigindo um esforço que até hoje nos perguntamos como conseguimos realizar.

No fim da longa jornada, em abril de 2004, tivemos dois dias de festas em Miraflores para comemorar mais um aniversário da Unicerj e a graduação de 11 Guias:
– 4 Guias Caminhantes: Carlos Alberto, Clety Angulo, Fabio Lattario e Luís Magalhães
– 7 Guias Caminhantes e Escaladores: Ubirajara Soares (Bira), Daniel Bonolo, Carlos Lessa (Cela), Celeste Lustosa, Paulo Coelho, Felipe Porto e Rodrigo Souza.

Foi um esforço titânico que compensou. O Boletim Informativo nº 9, de dezembro de 2004, descreve a epopéia que foi a ETGE/2003 e relaciona os 31 Guias da Unicerj na época.

Quando, em setembro de 2004, abrimos as inscrições para a ETGE/2005, 20 sócios se candidataram. Para esta 5ª Escola de Guias da Unicerj, decidimos oferecer oito vagas, sendo quatro para Guias Caminhantes e quatro para Guias Caminhantes e Escaladores. Após criteriosa avaliação, os oito alunos foram escolhidos em função da experiência como montanhista, maturidade, antigüidade no quadro social e compromisso com os valores da Unicerj. O curso teve início no mês seguinte e, um ano e meio após, formou quatro Guias, sendo apenas um Guia Caminhante: Thiago Haussig; e três Guias Caminhantes e Escaladores: André Favre, François Paiva e Osiris Gopfert.

Chegamos assim aos 35 Guias que a Unicerj possui hoje.

Mas a 6ª Escola de Guias, a ETGE/2007, está acontecendo. O Estágio Supervisionado já foi iniciado e, em abril de 2008, novos Guias virão enriquecer o Corpo de Guias da Unicerj com entusiasmo, dedicação e destemor necessários para que possamos prosseguir rumo a um futuro digno de grandeza para o nosso Clube.

Santa Cruz

HOJE SOMOS 35 GUIAS
André da Silva Favre
Carlos Alberto Teixeira de Faria
Carlos Eduardo Lessa de Almeida (Cela)
Cassio Freitas Pereira de Almeida
Chen Wen-Yii (Willy)
Christian Marcelus Cahen da Costa
Clety Angulo Llerena
Daniel Dellamora Bonolo
Eduardo Buarque de Alcázar
Fabio Lattario Fonseca
Felipe Porto Gonçalves
Filipe Gomes Alvarenga
François Carvalho de Paiva
Hugo Rafael Pereira Eletério
José Koiller
José Zaib Antônio
Leandro Rubinger Chen
Leonardo Godinho da Cunha
Leonardo Kenji Ribeiro Kitajima
Leonardo Perrone Poerner (Leo)
Lucia Helena Lopes Ladeira
Luís Fernando Brandão de Magalhães
Luis Fernando Sayão
Marcos Eboli Botelho Benjamim
Maria Celeste de Azevedo Lustosa
Osiris Gopfert Moreira
Osvaldo Pereira Filho (Santa Cruz)
Paulo Sergio Coelho de Andrade
Ricardo Antônio Rubens Prado Schneider
Ricardo Borges Hippert
Rodrigo Chauvet de Souza
Sonia Reinstein
Tarcisio Rezende da Silva e Oliveira
Thiago Rocha Haussig
Ubirajara Sotelino Soares (Bira)


Novas Conquistas‹‹ anterior 
|
 próxima ››Escola Técnica de Guias Excursionistas

Versão para impressão: