Busca
 
 

Fale conosco! fale conosco!

Calendário



« DESTAQUES »

NOTA DE REPÚDIO

Carta ao PARNASO

CURSOS

Curso Intermediário de Montanhismo

As Descidas Vertiginosas do Dedo de Deus (2a Edição)

Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade

Diretoria e Corpo de Guias

Equipamento individual básico

Recomendações aos Novos Sócios

2ª Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade



Quarta-feira, 25 de maio de 2022

Você está em: BoletinsBoletim n°2 - Jan. 1999
Boletim n°2 - Jan. 1999
Conquistas de 1998‹‹ anterior 
|
 próxima ››Difícil é Guiar Muita Gente

Curso Básico de Montanhismo

Excursões realizadas em 1998

1) PAREDÃO JOANA
Morro da Boa Vista, Prainha, Rio
Escalada fácil
Guias: Prado, Christian, Borges, Filipe, Santa Cruz e Tarcisio
26 de Abril - 36 participantes

2) CAMPO ESCOLA HELMUT HESKE
Itacoatiara, Niterói
Treinamento
Guias: Borges, Christian, Gustavo, Prado, Santa Cruz e Tarcisio
17 de Maio - 29 participantes

3) TRAVESSIA DA NEBLINA
(Acantonamento em Miraflores)
Parque Nacional da Serra dos Órgãos, Teresópolis
Caminhada semi-pesada
Guias: Santa Cruz, Borges, Christian, Gustavo, Prado e Tarcisio
06 e 07 de Junho - 28 participantes

4) COSTÃO DO PÃO DE AÇÚCAR E CAMPO ESCOLA DO MORRO DA URCA
Praia Vermelha, Rio de Janeiro
Escalada fácil e treinamento
Guias: Christian, Borges, Filipe, Gustavo, Prado, Santa Cruz e Tarcisio
28 de Junho - 22 participantes

5) TRAVESSIA PETRÓPOLIS - TERESÓPOLIS
(Com ônibus fretado para a excursão)
Parque Nacional da Serra dos Órgãos
Caminhada pesada
Guias: Tarcisio, Borges, Christian, Filipe, Gustavo e Santa Cruz
08 e 09 de Agosto - 31 participantes

6) PLANALTO DO ITATIAIA
(Com ônibus fretado para a Excursão)
Parque Nacional do Itatiaia (PNI)
Acampamento
Com escalada no primeiro dia às Prateleiras e no segundo dia às Agulhas Negras
Guias: Gustavo, Borges, Prado e Santa Cruz
Apoio de Acampamento: Tarcisio e Aleksandra
(com Mikhail, 3 anos)
12 e 13 de Setembro - 23 participantes

7) SERRILHA DO PAPAGAIO
Parque Nacional da Tijuca (PNT)
Caminhada semi-pesada
Guias: Prado, Borges, Christian, Gustavo e Santa Cruz
03 de Outubro - 16 participantes

8) CAMINHO DAS ORQUÍDEAS, PEDRA DO SINO E SÃO JOÃO
(Com Acampamento no Ex-Abrigo 3)
Parque Nacional da Serra dos Órgãos
Caminhada pesada
Guias: Santa Cruz, Borges, Christian e Gustavo
07 e 08 de Novembro - 15 participantes

9) PAREDÃO SANTOS DUMONT
Pão de Açúcar, Rio de Janeiro
Escalada fácil
Guias: Tarcisio, Aleksandra, Borges, Gustavo, Lucia, Santa Cruz, Sayão, Willy e Zaib
20 de Dezembro - 22 participantes


O Curso Básico de Montanhismo constitui, tal como a Escola de Guias, um dos objetivos primordiais da UNICERJ.

Desde abril de 1998, quando a UNICERJ foi fundada, até dezembro, realizamos memoráveis excursões pelo Curso Básico. Foram nove excursões em nove meses. A única excursão prevista em nossa programação que não foi possível realizar foi a Agulhinha da Gávea. Na ocasião, as fortes chuvas do início da primavera nos obrigaram a cancelar as escaladas que desejávamos fazer na Agulhinha, optando por uma aprazível caminhada na Floresta da Tijuca - A Serrilha do Papagaio, com direito a uma bela confraternização na praça do Alto da Boa Vista, depois de muitos escorregões nas trilhas enlameadas e depois de ver a nossa cidade por entre as nuvens ligeiras, do cume do Bico do Papagaio.

Em todas as excursões do Curso Básico, os alunos da Escola de Guias atuaram como Guias auxiliares, com atuação destacada, pondo em prática os ensinamentos da Escola de Guias e permitindo que a UNICERJ pudesse levar tanta gente à montanha com segurança e eficiência.

Muitas foram as excursões inesquecíveis que fizemos em 1998 pelo Curso Básico. No boletim da UNICERJ de julho, relatamos as primeiras quatro excursões: o Paredão Joana (na Prainha), o Campo Escola Helmut Heske (em Itacoatiara), a Travessia da Neblina (em Teresópolis) e o Campo Escola do Morro da Urca (com direito a escalada do Pão de Açúcar, pelo Costão, para aquecimento).

A 5ª excursão foi a Travessia Petrópolis-Teresópolis, com ônibus fretado e bivaque nos castelos do Morro Açú. Quem já fez uma travessia com 31 pessoas, pode avaliar os desafios logísticos que o grupo como um todo teve que enfrentar. Ainda mais que começou a chover assim que saímos do Vale das Antas, antes da subida da Pedra do Sino, o que exigiu muita determinação, pois era uma típica chuva de inverno, justamente na parte mais alta e exposta da Serra dos Órgãos.

No mês seguinte, voltamos a alugar um ônibus e fomos para o Parque Nacional do Itatiaia (PNI) escalar as Prateleiras e as Agulhas Negras. Foi outra magnífica excursão, agora com tempo bom, acampando ao lado do Abrigo Rebouças a 2.350m de altitude.

Veio então a excursão, já mencionada, que deveria ter sido na Agulhinha da Gávea e acabou sendo na Serrilha do Papagaio.

Cume da Pedra do Sino, 2.263m. Ponto culminante do PNSO.A oitava excursão, em novembro, já no meio da temporada de chuvas torrenciais, programada para o Caminho das Orquídeas, foi coroada de êxito. O fato é que a chuva só nos atingiu na volta e, assim, cumprimos todos os objetivos. Aproveitamos para ir à Pedra do Sino, pois quando fizemos a Travessia, passamos apressadamente rente ao cume pois chovia, já era tarde e estávamos ensopados. Após um belo acampamento, rumamos para o São João, uma das montanhas de visual mais abrupto da Serra, com a inacreditável Chaminé da Unha da Agulha do Diabo, desafiando os olhares incrédulos (algumas semanas antes havíamos feito a Agulha do Diabo pela Escola de Guias). Nesta excursão, os alunos do Curso Básico puderam verificar as diferenças que existem entre as chuvas gélidas do inverno e as tempestades elétricas, muito mais assustadoras, que ocorrem nos meses mais quentes.

A última excursão, o Paredão Santos Dumont no Pão de Açúcar, teve que ser programada e reprogramada mais de uma vez por causa das chuvas costumeiras de verão. Acabou sendo uma excursão que contou com a presença de 22 pessoas, incluindo quase todos os sócios fundadores da UNICERJ. Após a escalada, quando descíamos do Pão de Açúcar no bondinho das 21:00 hs, estávamos felizes por havermos chegado ao final de 1998 com a certeza de saber que cumprimos o que nos propusemos e que a UNICERJ não é apenas um sonho de uns poucos visionários, mas uma realidade compartilhada genuinamente por todos aqueles que acreditam em nosso projeto.

Santa Cruz


Conquistas de 1998‹‹ anterior 
|
 próxima ››Difícil é Guiar Muita Gente

Versão para impressão: