Busca
 
 

Fale conosco! fale conosco!

Calendário



« DESTAQUES »

Formatura do CBM/2023

NOTA DE REPÚDIO

Carta ao PARNASO

CURSOS

As Descidas Vertiginosas do Dedo de Deus (2a Edição)

Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade

Diretoria e Corpo de Guias

Equipamento individual básico

Recomendações aos Novos Sócios

2ª Carta Aberta aos Montanhistas do Rio de Janeiro e à Sociedade



Quinta-feira, 23 de maio de 2024

Você está em: Excursões2000
Excursões de 2000
Dedo de Deus, Face Leste‹‹ anterior 
|
 próxima ››Par. Coloridos

Tra. dos Olhos
Excursão realizada em 25/03/2000 com 4 participantes
Local: Pedra da Gávea, PNT
Classificação: Regrampeação
Guia(s): Cassio, Sonia e Leo

Nos dias 25 e 26 de março de 2000 foi realizada uma excursão do Estágio Supervisionado da Escola de Guias. Tinha, como um dos objetivos, a substituição de alguns grampos que estavam em péssimas condições. A seguir, relacionamos algumas fotos que mostram as melhorias.

Clube Conquistador: C. E. Ramos.
Nome: Passagem C. E. Ramos conhecida também por Passagem dos Olhos ou mais comumente Travessia dos Olhos conquistada em 10 jan 1960 (Olho direito 20/04/1946, olho esquerdo 06/05/1945)




 Neste ponto existia um artificial com três "pés de galinha" em péssimo estado. A colocação de um grampo em substituição permite agora fazer a escalada, em livre, com segurança
Neste ponto existia um artificial com três "pés de galinha" em péssimo estado. A colocação de um grampo em substituição permite agora fazer a escalada, em livre, com segurança


 O pé de galinha, em mau estado, foi substituído por um grampo
O pé de galinha, em mau estado, foi substituído por um grampo


 Duplicação de um ponto de parada no olho direito onde havia apenas um grampo muito antigo
Duplicação de um ponto de parada no olho direito onde havia apenas um grampo muito antigo


 Neste ponto de parada, abaixo do olho esquerdo, foram substituídos os grampos existentes. O grampo mais a esquerda (amarelo) e o pé de galinha estavam mal colocados e saíram inteiros facilmente, sendo aproveitado o furo do grampo para a colocação de um novo (foto 5). Os grampos arrancados não tinham mais do que dois centímetros para dentro da pedra
Neste ponto de parada, abaixo do olho esquerdo, foram substituídos os grampos existentes. O grampo mais a esquerda (amarelo) e o pé de galinha estavam mal colocados e saíram inteiros facilmente, sendo aproveitado o furo do grampo para a colocação de um novo (foto 5). Os grampos arrancados não tinham mais do que dois centímetros para dentro da pedra


 Mesmo ponto de parada (Foto 4), com mais um grampo colocado, aproveitando o furo do grampo retirado (amarelo)
Mesmo ponto de parada (Foto 4), com mais um grampo colocado, aproveitando o furo do grampo retirado (amarelo)


 Ponto de parada onde haviam três grampos em péssimo estado e em posição inadequada. Foram batidos dois grampos para substituí-los
Ponto de parada onde haviam três grampos em péssimo estado e em posição inadequada. Foram batidos dois grampos para substituí-los



Versão para impressão: